O Turismo é uma Arte, uma Ciência que busca levar ao ser humano o Conhecimento, o Lazer, a Alegria e bons momentos na memória, seja para contar, seja para ostentar os amigos. O Turismo em si tem várias subdivisões que contribuem para a satisfação completa do usuário, no caso o Turista que visita uma determinada localidade. A pergunta que não quer calar é: A Gastronomia pode ser incluída como uma das subdivisões do Turismo???.

Comer, Lanchar, fazer uma boa Refeição é um item obrigatório para todo ser humano e quando se está fazendo Turismo este pormenor não é afastado, pois andar o dia todo, conhecendo lugares, vendo paisagens e aprendendo a história de um lugarejo deixa qualquer Turista com uma baita fome. É neste ponto que volto a questionar, uma rede gastronômica ou comidas tradicionais seria um ponto de apoio para a difusão e estruturação do Turismo???

Vamos por partes e citando as comidas tradicionais. Quando se está em Nova York quem não experimenta os Hot Dogs na barraca de rua??? ou então ir ao bairro Italiano e comer um sanduíche de Pastrami??? Não comer Bacalhau ou Broa de Milho com Sardinha na Brasa em Lisboa é dizer que não visitou Portugal??? E o Fish and Chips na Inglaterra??? Um Espaguete na Itália e um Joelho de Porco na Alemanha???. Um prato da Nouvelle Cousine na França, uma Mussaka na Grécia, pratos como Quibe, Esfiha, Homus no Líbano, Guacamole no México, dentre outros são pratos obrigatórios para todo Turista que visita o exterior.

No Brasil não ficamos atrás. Pato com Tacacá e Tucupi no Norte, Frango com Quiabo em Minas, Churrasco no Rio Grande do Sul, Virado a Paulista em São Paulo, Feijoada no Rio de Janeiro, Frutos do Mar no Nordeste, Acarajé e Vatapá na Bahia, Arroz com Pequi em Goiás e tantos outros pratos fazem o delírio do Brasileiro e do estrangeiro que visita nossas localidades.

Do Geral para o particular como a Gastronomia pode influenciar, motivar e complementar a vinda de Turistas ao Litoral Norte, em especial à Caraguatatuba??? A nossa região e especificamente a nossa cidade tem recantos, encantos e cantos que proporcionam um belo lazer a quem nos visita, tendo em vista as diversas praias e localidades para o seu descanso e lazer.

Ao longo dos últimos anos Caraguatatuba tem montado uma grande rede de Restaurantes com pratos dos mais diversos países e tendências e uma prova disso são os diversos eventos relacionados a Gastronomia no município, que podem ser comprovados com as dezenas de edições do Caraguá a Gosto, que a cada ano diversifica as categorias que competem pelo melhor prêmio, os Festivais de Food Truck, de Cerveja Artesanal e por último o 1º Festival Saberes e Sabores Caiçara, que movimentou cerca de R$ 1,3 Milhões em Abril deste ano, incluindo neste montante Bolinhos de Mexilhão, Hambúrgueres, porções das mais diversas, dentre outros. Não podemos deixar de citar que o prato tradicional em Caraguatatuba é o “Azul Marinho”, peixe assado com Banana Verde, que ainda é pouco difundido mas é sempre lembrado.

Mas conciliar Gastronomia com Turismo é apenas pegar praia e comer??? Analisando a fundo você tem a criação de empregos diretos e indiretos, a melhoria na qualidade da mão de obra, mais renda circulante, a criação de mais pontos, seja de Restaurantes como de Hotéis e a especialização de toda esta mão de obra que irá apresentar melhores e maiores resultados para o Turismo local.

Como se vê a regra pegar uma praia, mordiscar um petisco e almoçar um bom prato, principalmente se for Frutos do Mar é a pedida correta para quem nos visita, sem contar que impulsiona ainda mais a Economia da cidade, que tem no Turismo a sua Mola Mestra, ou seja, praia e boa alimentação é a dica correta, a opção perfeita!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *