Por Beá Moreira

 

Sabia que eras meu!

E que eu era de você!

Começou com um olhar,

Tentando nos conhecer.

Nos teus olhos, fui universo!

Soube ser parte, soube ser arte!

Soube ser muitas, soube ser verso!

Sobre ser tudo, sobre o inverso.

Você, eu, juntos, enfim!

Você e eu, muitos em mim!

Nós! Nós amarrados,

Prá sempre, na eternidade.

Dois corações atrelados,

Sem tempo, ou lugar, sem idade.

Destino, linha do tempo,

Lembrança, memória, saudade.

 

 

Beá Moreira é Cientista Social, e comenta sobre o cotidiano e suas nuances, de forma variada, descontraída e despretensiosa, buscando fazer do leitor de qualquer idade, um companheiro de bate papo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *