A coluna Blogueando retorna depois de uma gestação de nove meses por questões jornalísticas, atualizando as notas daquela época e inserindo informações mais atuais para o deleite dos nossos leitores/seguidores. Leia!!!

 

Voltamos!!!

A coluna Blogueando voltou!!! Pelo menos para publicar os quatro últimos capítulos da série Bastidores Políticos, elaborada em Maio de 2021.

 

Jornalístico

Devido a uma série de pautas, acontecimentos que faziam por bem a publicação de textos corridos as quatro últimas colunas desta série do Blogueando acabaram ficando de lado e agora atualizadas para publicação, pois material de qualidade não pode ser jogado fora.

 

Massacre

Esta coluna retrata a atuação do Vereador AC Júnior, o único e real oposicionista da atual gestão.

 

Projeto

E depois da rejeição da proposta sobre Alimentação Escolar da parte de AC Júnior, vamos abordar as ações seguintes para cumprir a sua função básica e se manter em voga na mídia.

 

Projeto 1

Vamos abordar a propositura que concede Auxílio Emergencial para as famílias carentes devido a Pandemia. Esta proposta foi feita pelo Governo Federal, alguns estados e em nossa região, na Prefeitura de Ilhabela.

 

Projeto 2

A proposta em questão não pode ser apresentada pelo Vereador, pois gera despesa, o que é proibido por Lei. É, Vereador não pode apresentar propositura que acabe em despesa para o Executivo.

 

Projeto 3

A função do Vereador é fiscalizar a atuação do Prefeito, do Vice e seu Secretariado, intermediar as necessidades do povo junto ao Executivo e elaborar Leis, que não gerem despesa.

 

Projeto 4

O Auxílio Emergencial só pode ser feito pelo Presidente da República, Governadores e Prefeitos, pelos fatos já citados nas notas anteriores.

 

Projeto 5

Mas existe a alternativa de elaborar Projeto Autorizativo, o que administrativamente não representa nada e politicamente torna-se um aviso ao Prefeito, do tipo “Estou te lembrando que esta proposta é necessária!!!”.

 

Projeto 6

E mais uma vez cortaram as asas do Vereador oposicionista, por diversas razões; AC Júnior foi Vice-Prefeito por 8 anos, seu nome foi cogitado para tentar a Prefeitura pelo PSDB em 2024 e com certeza, dependendo do trabalho realizado, torna-se a principal e única alternativa para levar o PSDB e a família Antonio Carlos novamente ao poder.

 

Projeto 6a

Atualizando a coluna é bem provável que se concorrer a Prefeitura, não será pelo PSDB, pois o seu pai, ex-Prefeito Antonio Carlos deverá trocar de legenda, provavelmente para o PSD ou PL.

 

Projeto 6b

Atualizando mais uma vez, certamente AC Júnior também não será o candidato da oposição para 2024, pois o pai ex-Prefeito irá testar o nome para Deputado Estadual este ano, preparando-se para 2024.

 

Projeto 7

Simplesmente AC Júnior foi massacrado pelos situacionistas, sob as mais variadas e diversas alegações e argumentos.

 

Projeto 8

Um dos pontos apontados era o Jurídico, onde o Vereador não pode elaborar um projeto deste tipo.

 

Projeto 9

A questão financeira também foi amplamente abordada, mesmo com AC Júnior alegando que a Prefeitura estava gastando com ações e materiais desnecessários.

 

Projeto 10

É bom frisar que determinadas ações são Atos Discricionários do Prefeito, ou seja, ele faz se quiser, quando quiser e se puder.

 

Projeto 11

Vale analisar também que toda ação demanda uma reação e por conseguinte uma consequência!!!

 

Projeto 12

Em suma, se o Prefeito não quer conceder o Auxílio Emergencial para os moradores locais, ele é sabedor que deverá realizar outra ação para compensar este pedido do povo.

 

Projeto 13

Ao mesmo tempo o Prefeito tem conhecimento de que não tomando determinada ação, será cobrado, seja pelo povo, seja por seus opositores na próxima eleição, tendo que mostrar que fez outras realizações para equilibrar a falta desta.

 

Aqui todo fato é abordado, esmiuçado, analisado e conjecturado, além de atualizado no decorrer das próximas colunas, pois aqui é a Coluna Blogueando, versão Bastidores Políticos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *