O pedido de uma Eleitora em 2017 deu início ao sonho do Vereador Marcos Kinkas de defender a Saúde Animal em Caraguatatuba. De lá para cá foram encontros, pesquisa e reuniões até conseguir recursos para a construção de um Hospital Veterinário através da Verba de R$ 1 Milhão enviada pelo Deputado Federal Marco Bertaiolli, com entrega num evento político promovido em parceria com o Presidente da Câmara, Vereador Tato Aguilar.

As primeiras tratativas para a implantação de um Hospital Veterinário em Caraguatatuba tiveram início num encontro em Novembro de 2021 na sede do Legislativo local, que reuniu além do autor e incentivador os Vereadores Bigode e Gil Oliveira, o representante do Jurídico da Câmara, Advogado Carlos Alberto e pela Prefeitura a Advogada Maísa Gaspar, além do responsável pelo Centro de Zoonoses, o Veterinário Guilherme Garrido e Veterinários que representam as Clínicas Particulares na cidade.

O objetivo do Hospital Veterinário é o de proporcionar aos moradores mais humildes a chance de ter um atendimento seguro e com qualidade para os seus animais de estimação. Estima-se que existam em torno de 30 mil animais entre cães e gatos vivendo em Caraguatatuba sob os cuidados e o teto de famílias nos vários bairros da cidade, sendo servidos por aproximadamente 25 Clínicas Veterinárias na cidade. Um Hospital Veterinário tem o mesmo papel que uma unidade de saúde para humanos, com Sala de Emergência, Pronto-Socorro, Repouso, Medicação, Internação, Curativo e Centro Cirúrgico.

Recentemente Marcos Kinkas e Tato Aguilar estiveram em Brasília na busca de soluções para diversas questões envolvendo a cidade e num destes encontros conversaram com o Deputado Marco Bertaioli sobre a necessidade de uma verba para a construção do Hospital Veterinário, que foi oficializada em evento político realizado recentemente, quando os documentos relativos a obtenção do dinheiro foram apresentados.

Em entrevista exclusiva ao Blog Contra & Verso o Vereador Marcos Kinkas falou mais detalhadamente sobre a criação do Hospital Veterinário em Caraguatatuba, que de acordo com suas declarações, mais se assemelha a um Pronto-Socorro Veterinário. De acordo com declarações do Vereador, as críticas de alguns Veterinários quanto a Concorrência Desleal com a unidade Veterinária não procede. “Não haverá perda de clientela, pois o Hospital Veterinário irá atender apenas os mais necessitados, que assinarão Atestado de Pobreza ou Vulnerabilidade Econômica”, disse.

Segundo Kinkas a unidade Veterinária será de baixa complexidade, com os respectivos atendimentos em média e alta complexidade sendo feitos nas Clínicas Veterinárias da cidade mediante a compra de consultas numa segunda fase da implantação. Entende o Vereador que com isso o mercado de Prestação de Serviço Veterinário na cidade ficará equilibrado para os aproximadamente 30 profissionais da área instalados em Caraguatatuba.

Com base nisso a futura unidade Veterinária Municipal na cidade não terá Cirurgias Eletivas, atendendo apenas Emergências e Internações se houver necessidade. O evento que dará início a todo este trâmite será o 1º Fórum Animal e acontece no dia seis de Agosto, das 14 às 18 horas no Teatro Mário Covas, com convite extensivo a toda população local. O Hospital ou Pronto-Socorro Veterinário tem custo aproximado de R$ 4 Milhões entre o Prédio e seus respectivos Equipamentos. Estima-se que a Prefeitura deverá arcar com o restante abatendo o envio da verba do Deputado Marco Bertaiolli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *