Às vésperas de encerrar o Contrato de Concessão entre a Prefeitura e a Praiamar Transportes, que não será renovado, a Concessionária dos Transportes Coletivos em Caraguatatuba está em Greve por maiores Salários de seus Motoristas. O movimento teve início a zero hora desta sexta-feira e até uma Audiência de Conciliação no TRT de Campinas deverá continuar. Seguindo a Lei de Greve apenas 30% dos carros da empresa estão circulando pela cidade.

A Greve de hoje escreve mais um capítulo no embate entre a Prefeitura e a Praiamar Transportes, Concessionária dos Transportes Coletivos na cidade, que tem contrato de 15 anos, podendo ser renovado por igual período, iniciado em 2007. Segundo a Prefeitura o contrato não será renovado, com o Executivo se preparando para realizar Audiências Públicas, ouvindo da população suas aspirações e reivindicações sobre o assunto.

O embate teve início em 2017, quando o Prefeito Aguilar Júnior disse que não iria reajustar a tarifa, congelada em r$ 3,80 seja para o pagamento em dinheiro como pelo Cartão Eletrônico. A decisão do Prefeito, na época, vinha das inúmeras reclamações sobre o serviço realizado e ao longo dos anos, através das mais de 400 multas aplicadas nos últimos cinco anos.

A Praiamar por sua vez alega que a Prefeitura desrespeita o equilíbrio Econômico/Financeiro, que consta no Contrato assinado em 2007, quando não reajusta a tarifa anualmente, causando desestabilização financeira na empresa para o cumprimento de suas metas, como a atualização dos carros e o reajuste dos salários de seus funcionários.

O Sindicato dos Motoristas enviou correspondência a Praiamar em três de Março, solicitando aumento de 100% do INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor, de Maio de 2021 a Abril de 2022, mais 26,58% de aumento real. No documento o Sindicato aponta que os salários dos Motoristas da Praiamar são os mais baixos da região, recebendo abaixo da média regional, orçada em R$ 2.345,61 e mesmo citando o desequilíbrio financeiro da Praiamar quanto a tarifa, observa que um cálculo da Prefeitura mostra que o valor de r$3,80 está acima do encontrado pelo Executivo Municipal que é de R$2,96 .

Continua o Sindicato citando sobre o Decreto de Caducidade contra a Concessionária e o Contrato Emergencial com a Fênix Viação Ltda., cancelado pela Justiça, ressaltando a necessidade de um reajuste, pois com a Fênix a tarifa seria de R$ 7,91 mostrando que existe espaço para negociação e a falta deste traria um grande vazio no caso desta ou uma outra empresa assumirem emergencialmente. Ainda sobre o Sindicato a carta menciona adicional de 25% para dupla função, intervalo de 11 horas entre jornadas, Vale Alimentação de r$ 750,00 e r$ 100,00 diariamente para o troco dos motoristas. Consta também a atualização dos valores de Seguro de Vida dos motoristas, no valor de R$ 50 mil para morte natural, R$ 100 mil para morte acidental e R$ 50 mil para invalidez, dentre outros pedidos.

Dias depois a Praiamar respondeu que sofre perseguição política por parte da Prefeitura cumprindo com os reajustes, mesmo com a alta dos preços, como por exemplo o Óleo Diesel, que teve alta de 150%. A Praiamar fala das decisões judiciais e valores periciados pela Justiça no valor de r$ 45 Milhões, adicionado a outros R$ 3 Milhões de desequilíbrio financeiro durante a Intervenção. O cancelamento da compra mensal de r$ 100 Mil em Passes Estudantis em virtude da derrota na Justiça do Decreto de Caducidade e o reajuste salarial e mudança na data da Convenção durante a Intervenção também constam no documento de resposta.

O Sindicato por sua vez, ao receber a resposta da Praiamar respondeu que foi emitido um Aviso de Greve com início a zero hora desta sexta-feira – 20 de Maio – que foi precedida de uma Assembléia dos Motoristas na porta da empresa por volta das seis horas da manhã.

Mesmo sendo um evento que causa transtornos à população a Greve tem sido tranquila até o momento, sendo o único impasse quanto ao número de carros rodando pela cidade. Segundo informações do Sindicato a Praiamar tem 50 carros na sua garagem, porém a Concessionária alega que apenas 35 estão operando perfeitamente e devido a isso, apenas 10 carros iniciaram a Greve, mas devido a observação da Polícia Militar o número correto seria de 15 carros, com o restante saindo da garagem, sob escolta, momentos depois.

Para a TV Vanguarda, no seu Telejornal das 12 horas a Praiamar, através do seu Gerente Nervile de Almeida, voltou a bater na tecla do descumprimento do Equilíbrio Econômico/Financeiro e a Prefeitura por sua vez, contra atacou alegando que as Planilhas apresentadas não justificam o aumento pleiteado.

3 Comments

  1. ILSON VITÓRIO DE SOUZA

    Que realmente seja por melhores salários, segurança no trabalho, e respeito a dignidade humana e respeito ao usuário! Espero que não estejam sendo usados como massa de manobra para NENHUM DOS DOIS SENHORES. Que voltem as atividades dos cobradores, mais foco na direção pelo motorista garantindo maior segurança para todos e maaaiiiiiiiiiiiissssssssss EMPREGOS!

    • Olá, Boa Tarde, Bom meio de Semana a você e família. Obrigado por acompanhar e opinar sobre os nossos textos, pois isto é muito importante para nós. Estamos torcendo por um final feliz neste imbróglio que cause o menor impacto aos usuários de nossa cidade. Mais uma vez agradecemos por nos acompanhar!!!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *