Por: José Castro*

 

Hoje vim aqui falar de algo inédito para muitos e eu até ao momento que me passou o artigo pelas mãos também estava nessa lista.

O artigo saiu em Portugal Acredito que no ano de 2011 numa famosa revista de nome “NOVA GENTE” conteúdo publicado pelo Dr. Pedro Choy, que em 1995 já era graduado faixa preta 4°- Grau.

Karate era a receita para o tratamento de muitas patologias, segundo descrição do Médico carateca.

Todos sabemos os benefícios que nos proporciona ao praticá-lo, mas há outras que passavam longe do meu conhecimento até então.

São elas, segundo o Dr. Pedro Choy, “alergias, doença autoimune, disfunção sexual, infertilidade, certas lombalgias, doença da suprarrenal ou dos rins.

O karate utiliza a mesma energia que a acupuntura, o “QI” (ler tchi).

O movimento os braços e pernas, associados à respiração, produzem uma acumulação desse “QI” na região abdominal em um ponto que os Japoneses chamam de HARA e os Chineses de MING MEN.

Essa inergia além de ser usada para aumentar a potência dos golpes e pelo facto de ser guardada nesse ponto, aumenta muito a eficácia dos rins e das suprarrenais. Essa é a razão de influenciar e muito, um leque tão alardeado de patologias.

A defesa do organismo aumenta muito, então o karate não é apenas para pacientes, mas também para profissionais de acupuntura e medicina chinesa. A troca de energias entre paciente e profissional sempre vai acontecer, isso quer dizer que, quanto mais forte o profissional, melhor trata o paciente não correndo o risco que ficar doente nem ser contagiado por doença não contagiosa.

Um exemplo é tratar doentes com queda de cabelo e se não tiver as defesas fortes, pode desenvolver queda de cabelo, mesmo esta não sendo doença contagiosa. Além de proteger-se das energias negativas transmitidas através da agulha, pode aumentar o sucesso dos tratamentos com a prática do karate.

Grato pela leitura.

 

*JOSÉ PEREIRA CASTRO Tem 55 anos, está cursando o Ensino Médio, tem formação de Vigilante, Manipulação de Alimentos e Informática. Experiência em geriatria e restauração. Faixa Preta de Karatê Shotokan JKA  2°- Grau (Ni Dan), ministra aulas para crianças a partir dos quatro anos, adolescentes, adultos sem limite de idade e PcD, assim como aulas de Defesa Pessoal, voltada para Mulheres e Forças de Segurança. www.ckscjka.com.b

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *