Por Beá Moreira

 

Quisera ser uma música,

Prá você me dançar!

Quisera ser cheiro bom,

Prá poder te perfumar!

Quisera ser facho de luz,

Prá poder te iluminar!

Quisera ser água de coco,

Sua sede saciar!

Quisera ser sol de verão,

Prá teu corpo bronzear!

Quisera ser noite estrelada,

Prá enfeitar tua madrugada.

Quisera ser lua cheia,

Te esparramando na areia.

Quisera eu fosse oceano,

Quisera eu fosse o mar!

Você, meu destino lejano,

Queria, em ti, me afogar!

Quisera eu fosse montanha,

Prá você me escalar.

Quisera ser mata virgem!

Prá você me desbravar!

Quisera eu ser vertigem,

Prá você me segurar!

Quisera ser seu deserto,

Eu, oásis em você!

Quisera você mais perto,

Prá poder te dar prazer!

Quisera eu ser seu vinho,

Prá você me degustar!

Quisera ser o que fosse,

Prá fazer você me amar!

 

Beá Moreira é Cientista Social e comenta sobre o cotidiano e suas nuances, de forma variada, descontraída e despretensiosa, buscando fazer do leitor de qualquer idade, um companheiro de bate papo.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *